Você traiu? Veja como escondê-lo

Quando você trai, muitas vezes comete erros que, embora possam ser vistos como menores, acabam fazendo a traição ser descoberta.

Veja como evitar ser pego depois de trair seu parceiro.

Evite ficar desconfiado ou nervoso

Muitas vezes, após a traição ser realizada, um mecanismo de autodefesa desencadeia na mente daqueles que a realizaram, que consiste em tentar sempre estar na defensiva.

Não importa o que seja dito ou qual seja a acusação: o traidor sempre se comportará de maneira quase suspeita, temendo ser descoberto.

Isso obviamente dá origem a situações esquisitas, que fazem que aqueles que foram traídos começam a suspeitar, e acreditam que a traição foi realmente cometida.

O jeito certo de não ser descoberto é simplesmente manter a calma e evitar perder a cabeça: ao falar sobre qualquer assunto com sua parceira, tente manter a calma e adotar um comportamento adequado à situação, ou seja, igual ao normal.

Aqueles que traíram devem ser absolutamente capazes de não perder a situação da mão, comportando-se de maneira esquisita ou ambígua, mas adotando um comportamento similar ao adotado em outras circunstâncias, que é cem por cento natural.

Então, calma e sangre frio: a traição não deve ser confessada e não deve mudar o modo de se comportar de quem pulou a cerca.

Deletar o histórico do PC e mantê-lo desligado

Hoje em dia, a maioria das traições acontece através da web ou redes sociais, quando uma pessoa decide procurar um parceiro sexual através do computador, através de sites de encontros de todos os tipos, de encontros para sexo casual a sites especializados em aventuras extraconjugais.

O uso dessas plataformas geralmente acontece de maneira incauta, ou seja, os usuários correm o risco de deixar as etapas da cronologia ou mensagens à vista.

O que acontece quando o computador também é usado pelo parceiro?

Ele/ela poderia controlar o computador, ou simplesmente usá-lo, e se deparar, mesmo casualmente, com as mais clássicas das provas, ou seja, aquelas que realmente confirma a traição do parceiro sem sombra de dúvida.

A maneira de se comportar, neste caso, para evitar que a situação se degenere de um momento a outro, consiste simplesmente em lembrar de cancelar todas as provas da traição ou sempre usar a navegação anônima, e acima de tudo desligar o computador.

A cronologia deve, portanto, ser completamente deletada, pois será extremamente essencial evitar deixar páginas da Web abertas.

Desta forma, as provas da traição podem ser completamente apagadas.

E lembre-se também de não salvar senhas dos vários sites que você usa, pois o parceiro traído, sempre brincando ou vasculhando o computador, pode encontrá-las, descobrir a traição e ter em mãos todas as evidências que lhe permitem terminar a relação com toda razão.

Nunca fique colado ao seu celular

Outro erro que a gente com frequência ou de bom grado faz, é ficar sempre com o celular na mão, aguardando uma resposta do amante e pronto para deletar essa mensagem que poderia ser sua ruína.

Além disso, nunca envie mensagens repetidas quando estiver com a sua parceira, pois ela, motivada pela curiosidade, pode descobrir a sua traição.

Devemos, portanto, ser muito cuidadosos, e a melhor estratégia é simplesmente desligar o telefone e verificá-lo periodicamente, obviamente cancelando as provas.

Para estar tranquilo, uma estratégia vencedora consiste em simplesmente evitar falar com sua amante quando você está com sua parceira, ou melhor, tentar dar horários onde, talvez, o nível de risco que você enfrenta, acabe sendo realmente baixo, ou praticamente ausente.

Devemos, portanto, prestar atenção a esses pequenos detalhes, já que são situações pequenas que, com o tempo, podem complicar a visão para aqueles que decidem cometer uma traição.

Portanto, fique atento a todos os comportamentos que são adotados, e também atenção para os do parceiro: ele também pode estar atento para que não seja descoberto que te traiu, como os conselhos acima são validos para qualquer pessoa que decide trair o parceiro.